Belo Horizonte, 16 de dezembro de 2018.
Principal / A UNE Gastava Milhões na Subversão a Serviço do Comunismo Internacional
A UNE Gastava Milhões na Subversão a Serviço do Comunismo Internacional

O Globo (11/05/1964) - Extrato

 

O Deputado Nina Ribeiro vai apresentar, na sessão de hoje da Assembleia Legislativa, uma parte do material que comprova a atividade subversiva da UNE no Brasil e no exterior, suas ligações com o Partido Comunista e as vultosas quantias que gastava para financiar a propaganda partidária e a “dolce vita” de seus dirigentes. A mesma documentação será apresentada no programa de televisão “Noite de Gala” a fim de que todos possam ver de perto qual era o papel da UNE no processo de comunização do Brasil e dos demais países latino-americanos.

 

Natureza dos documentos

Tivemos em mãos o material encontrado nos dois locais mencionados e o examinamos com a devida atenção. Trata-se de algumas centenas de documentos; relatórios, planos de atividade, correspondências, mapas financeiros, recibos e outros. De um modo geral, todo esse material poderia ser subdividido por temas, da seguinte maneira: 1) Organização do Partido Comunista no meio estudantil e orçamento; 2) Contribuições para ao Partido Comunista; 3) “Dolce Vita” dos falsos estudantes da UNE; 4) Congressos e relações com países comunistas; 5) Agentes da UNE no exterior; 6) Atividades subversivas relacionadas com Angola.

Depois de uma leitura atenta desses documentos, a única conclusão a que se pode honestamente chegar é que a UNE, traindo a função originária que era a sua razão de ser e que a justificava perante a Nação, de entidade estudantil de utilidade pública, como deveria ser, se havia transformado numa gigantesca célula comunista, que gastava o dinheiro do povo em atividades contrárias ao interesses do povo, à sua própria independência.

Palavras-chaves: UNE, união nacional dos estudantes
Copyright © 2013-2015. Todos os direitos reservados.