Belo Horizonte, 12 de dezembro de 2019.
Principal / Região dos Lagos
Por Maria da Graça Lisboa P. da Silva
Região dos Lagos

Veraneio na Região dos Lagos, há dez anos e sempre comento que algumas das praias mais lindas do Brasil, estão ali localizadas.

Para lá chegarmos, partindo de Belo Horizonte, percorremos aproximadamente 570 quilômetros, de porta a porta, até alcançarmos nossa casa em um condomínio de São Pedro da Aldeia. Uma verdadeira aventura! Certos trechos, inicialmente na BR-040 até Barbacena, perigosissímos principalmente  na região da mineração e em Congonhas, embora seja considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Uma vergonha! Igual à estrada de Magé, no fundo da baía de Guanabara, muito esburacada e quase sempre engarrafada, une a Rio-Teresópolis a Manilha (Itaboraí), seguindo-se em pista dupla até Rio Bonito, onde se incia a Via Lagos. Com uma extensão de 68 Km, sem pista dupla e divisória, onde constantemente ocorrem desastres, paga-se um dos pedágios mais caros do mundo: R$8.90 durante a semana e R$14.90 nos fins de semana e feriados. Um assalto, mas brasileiro é tão bonzinho que não reclama......

Chegando, clima de festa, calor, sol a pino, falta de luz, trânsito caótico, frutos do mar com preços convidativos e praias para nos regalar e pagar preços especiais dignos da temporada.

Vamos então curtir as praias da região. Em  São Pedro da Aldeia já deixam muito a desejar pela falta de cuidado com a Lagoa de Araruama, onde são atirados resíduos de qualquer espécie. Uma programação naútica deveria fazer parte dos eventos da cidade, visto que diversos moradores, em especial no nosso condomínio, possuem pranchas de wind surf, barcos, caiaques para diversão de seus proprietários. Sugeri até uma escolinha na beira da Lagoa, assim como passeios de barco e aulas de "stand up", agora na moda.

Uma campanha de conscientização deveria ser feita pela Prefeitura, assim como urgente limpeza na beira da Lagoa e de suas praias, evitando a proliferação de focos do mosquito da dengue, que é o maior problema da região.

Cabo Frio: Praias do Forte, Peró, Conchas, das Dunas e no seu prolongamento a praia do Foguete, onde está instalado o hotel /camping da sede praiana do Clube Militar. Em seu restaurante aberto ao público, aos sábados é servida uma deliciosa feijoada, por R$15,00!! Não deixe de visitar a rua dos Biquinis, onde são encontradas roupas de praia a preços convidativos e fazer um passeio de escuna no canal de Cajuru.

Arraial do Cabo: Na sua entrada a Prainha, bastante familiar, de águas mansas, e muitas outras. Destacamos a do Farol, dos Anjos, do Forno e a Praia Grande que se estende por 40 quilômetros até Araruama.

Visite o Museu Oceanográfico da Marinha e faça um passeio de barco até a Gruta Azul. Nada fica a desejar aos melhores da Europa. Saboreie em seus restaurantes as especialidades da casa: camarão, mexilhões, siris,  peixes e até, lula.

Búzios: Distante uns 20 quilômetros de Cabo Frio, com dezenas de praias, algumas de difícil acesso, uma das mais frequentadas é Geribá e outras famosas pela badalação, como Tartaruga, João Fernandes, Ferradura, Ferradurinha, Rasa, a orla Bardot (sem areia! )...

Estivemos em Búzios por duas vezes neste verão e nos apavoramos com o caos do trânsito na cidade, com a precariedade da segurança, limpeza urbana, com as mesmas estradas que nos levam até lá há uns 30 anos, que com muita tristeza denunciamos. Mesmo assim, uma das coisas gostosas é caminhar na Rua das Pedras, tomar sorvete, ver suas lindas lojinhas e admirar os transatlânticos que lá aportam com milhares de turístas, deixando algum dinheirinho e muito lixo nas ruas, devido à falta das necessárias cestas de lixo. A noite, a juventude se esbalda nas baladas...

Pobre "Armação de Búzios" com tantas belezas naturais, mas com muitas devastações devido às novas construções e a falta de civilidade de seus turistas. Mesmo assim, estaremos lá no próximo verão...

Maria da Graça Lisboa P. da Silva
gracalisboa@terra.com.br
Pedagoga
Guia de turismo internacional

Informações sobre excursões e viagens no Brasil ou para o exterior. Consulte:
www.exodus.tur.br
Tel.: (31) 8743-3534
Copyright © 2013-2015. Todos os direitos reservados.